Outubro Rosa: O seguro de vida que te ampara no momento mais difícil da sua vida

Chega outubro e todas as vitrines se enchem de rosa. São diversas campanhas que surgem por todos os lados, com o objetivo de conscientizar as mulheres e toda a sociedade sobre a prevenção do câncer de mama.

Mas você sabia que existem produtos no mercado do seguro que podem te amparar no caso de um diagnóstico positivo de câncer? Acompanhe!

O que é o Outubro Rosa?

Criado na década de 90 pela Fundação Susan G. Komen for the Cure, durante a primeira Corrida pela Cura em Nova York, o Outubro Rosa é um movimento internacional de conscientização para o controle do câncer de mama.

Durante todo o mês de outubro promove-se conscientização sobre a doença, com o objetivo de melhorar o acesso ao diagnóstico e ao tratamento e assim, reduzir a mortalidade.

No Brasil, o Outubro Rosa apareceu com a iluminação em rosa do Obelisco do Ibirapuera em São Paulo em outubro de 2002. Mas só ganhou força em 2008, através do início das campanhas de prevenção.

O que é o câncer de mama?

O câncer de mama, na verdade, é um grupo de doenças. Suas anormalidades podem acontecer nos lóbulos ou ductos da mama. O mais comum é o chamado carcinoma ductal infiltrante, que é o responsável por 80 a 90% dos casos.

Seu principal sintoma é o aparecimento de um nódulo irregular, normalmente indolor. Também pode aparecer edema cutâneo, deixando a pele com aspecto de casca de laranja, bem como dor, inversão do mamilo, descamação e outros.

O câncer de mama é o que mais afeta as mulheres no mundo todo. Segundo dados do Inca, Instituto Nacional de Câncer do Ministério da Saúde, em 2020, foram 2,3 milhões de novos casos no mundo todo, representando 24,5% dos casos de câncer.

No Brasil, foram 66.280 novos casos em 2020. Isso significa 29,7% de todos os tipos de câncer, sendo que o segundo lugar, câncer de cólon e reto, ficou com apenas 9,2% dos casos.

Em 2019, 18.068 mulheres morreram em decorrência do câncer de mama no Brasil, o que significa 16,4% das mortes por câncer. Já o câncer de colo do útero, matou 6.596 mulheres, num total de 6% das mortes por câncer no Brasil.

Quanto à idade, a frequência de casos de câncer de mama é maior a partir dos 50 anos. Estima-se que somente 10% dos casos aconteçam antes dos 40.

Gastos com o tratamento do câncer de mama

Segundo dados de 2017 do Femama, Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama, o tratamento do câncer de mama custa cerca de R$ 11,3 mil no primeiro estágio e pode passar para R$ 55 mil no terceiro.

Isso porque são diversos os tratamentos necessários para tratar a doença. Quem vai decidir a melhor opção será o médico junto à paciente, sempre pensando nos riscos e efeitos colaterais. Alguns dos tratamentos são: cirurgia, radioterapia, quimioterapia, hormonioterapia, entre outros.

Segundo a Agência Nacional de Saúde Suplementar, a ANS, existe o Rol de Procedimentos e Eventos, com listagem mínima de exames, tratamentos e cirurgias que o plano de saúde deve cobrir no caso do câncer de mama e outras doenças.

No entanto, é importante salientar que os planos não são obrigados a cobrir todos os atendimentos necessários. Além disso, pode, inclusive, haver carência no caso de planos novos.

Por conta de todas essas informações, queremos te falar sobre a possibilidade de contratação do seguro de vida que possa atender suas necessidades em caso de câncer de mama.

Seguro de vida e outubro rosa: amparo na hora que você mais precisa

Atualmente você pode contar com apólices de seguro de vida voltadas especificamente para mulheres. São seguros onde a contratante pode receber o benefício ainda em vida se for diagnosticada com câncer.

Nesse caso, a indenização do seguro pode ser paga antecipadamente para utilizar no tratamento de câncer e outras doenças graves.

Isso porque, como mencionamos, pode haver um impacto financeiro muito grande na vida da pessoa diagnosticada, mesmo que ela tenha um plano de saúde. Além disso, só cresce o número de mulheres que são as únicas responsáveis pelo sustento da família, o que acaba impactando em todos os membros da casa.

Esse seguro pode ser contratado a partir dos 18 anos de idade e, além da cobertura para os casos de câncer, também indenizará morte acidental, natural, invalidez permanente por acidente, internação hospitalar por acidente, auxílio funeral e outros.

Como é um produto pensado nas mulheres, essa apólice também costuma oferecer outros serviços, como assistência domiciliar através de serviços de limpeza, eletricista, encanador e chaveiro, por exemplo, além de desconto em medicamentos.

É importante salientar: seguro é a única coisa que é inalienável, inafiançável e é impenhorável.

Aliás, o seguro de vida não é um investimento. Ele pode fazer parte do planejamento sucessório, já que você pode incluir a indenização na transferência de bens e patrimônios para seus herdeiros.

Leia mais: Sucessão familiar: O seguro que deixa seus herdeiros amparados

Ficou interessada em adquirir esse seguro? Converse com a gente e tenha mais informações sobre os melhores produtos para garantir a sua segurança e da sua família.

E para mais conteúdos como esse, continue acompanhando o nosso blog!